Imóveis menores e mais práticos

18 de janeiro de 2013
Nenhum Comentário

Diversos fatores têm levado as construtoras a apostarem em empreendimentos de apartamentos menores. Um deles é o aumento do número de pessoas que vivem sozinhas (o que não significa “solitárias”). Fazem parte desse grupo, estudantes, divorciados, solteiros convictos e quem mais quer curtir seu “cantinho” com toda a liberdade. Há duas características comuns à grande maioria dessas pessoas: o desejo de morar em um lugar mais prático e a procura por um imóvel com custo menor (seja para compra ou locação). A demanda para a venda de imóveis abriu espaço para apartamentos de 30m2, ou até menos.

O fato de a tendência mercadológica ter se tornado realidade, com fortes indícios de crescimento, também abriu a oportunidade para investidores. Quem tinha recursos para aplicar em imóveis maiores, passou a considerar a opção de comprar um pequeno apartamento para morar e outros para alugar. Até como uma maneira de garantir uma aposentadoria mais tranquila.

Também conhecido como smart home, ou “lar inteligente”, esse tipo de imóvel permite maior praticidade na administração das tarefas diárias. A facilidade de acesso ao local de trabalho é outra prioridade na lista de quem procura os apartamentos menores. As possibilidades de alcançá-la é cada vez maior por conta da expansão deste segmento, sobretudo nos arredores de pontos estratégicos da rede de transporte, como as estações de metrô e dos terminais de ônibus.

Se a praticidade está entre as prioridades, planejar o aproveitamento dos espaços dentro do apartamento é extremamente necessário. Até pela metragem reduzida, cair na tentação de ir “amontoando” as coisas para ajeitar depois pode ser uma cruel armadilha. O prazeroso processo de ver seu lar tomando forma pode se tornar cansativo, e até frustrante, com a maratona de tentativas. Não economize no tempo dedicado ao planejamento. Pesquise, veja exemplos, converse com quem já passou por essa etapa, visite eventos do setor, enfim, busque o máximo de informações. Selecione aquelas que mais têm a ver com seu estilo e acrescente o seu toque pessoal.

Na hora de decidir como montar e decorar o seu apartamento, lembre que se o espaço é menor o supérfluo vem por último, ou nem entra. O básico e fundamental devem ser priorizados. Associe a imaginação e a criatividade ao bom senso para tirar o máximo de cada centímetro, de cada cantinho. A escolha dos móveis pode ajudar bastante. Hoje, há inúmeras opções bem funcionais que servem a diversos objetivos. E pense sempre um passo à frente. Se encantou com um armário para a cozinha? Avalie o que vai guardar ali, se o tamanho pode atrapalhar a movimentação no local, como a abertura das portas, limpeza da casa e demais possibilidades. Com um pouco de paciência e uma boa dose de bom gosto, certamente o novo lar será muito aconchegante.

Erica Arizono

Erica Arizono é a arquiteta responsável da Arizono Arquitetura e Design de Interiores. Localizada em Campinas, o escritório trabalha com projetos residenciais, decoração, reformas, projetos de escritórios, entre outros, para toda a região!

Your Turn To Talk

Your email address will not be published.